segunda-feira, 12 de julho de 2010

Criação do Vinho




    
NOÉ E A CRIAÇÃO DO VINHO
-----------------------------------------------------------------------------------
 Versão da Lenda Armênia

Esta é a lenda Armênia de Noé e da Criação do Vinho, contada Hovanés Tumanian, um dos maiores poetas de todos os tempos na Armênia. Fiz pequenas adaptações, por julgá-las necessárias.
Após quarenta dias e quarenta noites de chuvas torrenciais, a Arca de Noé se deteve na mais alta montanha da Armênia: o Monte Ararat, ponto de partida de um novo mundo perdoado e purificado.
O primeiro trabalho de Noé, ao sair da Arca, foi plantar a vinha para criar o Vinho, pois, cansado estava de ver tanta água durante o dilúvio.
 Ao começar a plantar as primeiras ramas da vinha, o diabo aparece e diz:
– O que está fazendo aí?
– Estou plantando uma vinha.
– Para que?
– Seu fruto é doce e gostoso. Quando espremido dá um suco que reconforta o coração do Homem.
– Quero te ajudar, diz o diabo.
– Como quiser, responde Noé.
Plantada a vinha, o diabo vai buscar na arca, um cordeiro, um leão, um macaco e um porco. Degola-os e rega a planta com o sangue deles.
É por isso que quando alguém bebe vinho, fica primeiro dócil tal qual cordeiro, depois se sente forte como leão, a seguir começa a fazer caretas, feito macaco e, por fim, quando bêbado, torna-se um porco.

10 comentários:

  1. Agora entendo certas coisas...rsrsrsrsr !!!!!
    Mil beijos !!!!!

    ResponderExcluir
  2. Ah...esqueci de agradecer a tua visita!!! Amei !!!! E é "agosto" de DEUS...gosto de DEUS...à gosto de DEUS...o amado nasceu em primeiro de agosto...e eu gosto de tudo issooooooo!!!! Deu p entender ????
    Meu agosto !!!!

    ResponderExcluir
  3. Amada...adoro estar aqui!!! Sabias que te amo?
    Mil beijos e bom final de semana!!!
    OBS: ADORO UM VINHO...MAS NÃO POSSO BEBER...SAIO DO CHÃO !!!

    ResponderExcluir
  4. Vi a Liberdade, por ai e cheguei aqui a traz da Liberdade,e gostei muito do texto, principalmente no final.
    Tenho um poema no meu blog, e o titulo é Liberdade,se quiser passar lá para ver o que eu digo da Liberdade.

    deixo meu carinho,
    José.

    ResponderExcluir
  5. Achei bem engraçada e espirituosa essa lenda armêna sobre a criação do vinho por Noé que teve um "ajudante" muito mal intêncionado diga-se de passagem neste invento. Bem bacana sua postagem. Obrigado por sua doce visita ao meu blog e pelas suas carinhosas palavras,aliás quando uma mulher fala assim de minha literatura dizendo que ela faz bem ao gênero feminino vejo que realizei bem o meu trabalho,pois vale mais o elogio de vcs mulheres á ele,que um elogio do mais renomado critico literário.Beijos poéticos.

    ResponderExcluir
  6. .

    E você que não vem,
    não me ouve e não me
    vê?
    Onde anda o caseiro
    deste espaço que sumiu,
    ninguém sabe, ninguém viu?

    silvioafonso.



    .

    ResponderExcluir
  7. .

    Cadê a bela, que antes, na
    janela, olhava passar a banda
    enquanto a Carolina do Chico
    não vinha, cadê?

    silvioafonso.




    .

    ResponderExcluir
  8. Mas você se esqueceu da excitação que a bebida dar. Mexe com uma porção de vontades.
    Você não se sente assim também?

    Bjs.
    ______
    Grato pela visita e pode voltar, tá?
    Meu outro espeço: http://afogandooganso.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Bom dia Marilis...
    Ou se me permite, Lisa...afinal já te considero uma “velha” amiga.
    Amei sua visita, e sua iniciativa de se apresentar...agora somos “oficialmente” amigas...
    Espero que tenha se sentido a vontade no meu singelo cantinho...não sou escritora, nem tenho a pretensão de ser poeta, ali apenas registro “rabiscos” da alma...
    Sinta-se a vontade para voltar sempre que quiser e tiver vontade, com certeza sempre haverá um coração enSOLarado p/ te receber...
    Não resistir ( e nem era tentação..rsrsr) e vim conhecer o teu...LINDO!!!! Reflete a serenidade que sempre observei nas tuas letras...
    Não diria que está “abandonado” e sim “adormecido”, afinal as vezes sentimos necessidade de amadurecer as idéias...de qq forma espero que essas “rédeas” não demorem a serem retomadas...e que a LIBERDADE continue a raiar.

    Bjosss enSOLarados !!!

    PS: Voltarei com calma para desfrutar das tuas letras...ADOREI a “História do GirasSOL”.

    ResponderExcluir